Polícia

Jovem reage à abordagem e morre em confronto com a PM em MT

Morte do rapaz teria gerado revolta na população, que precisou ser contida com disparos de bala de borracha, segundo a Polícia.

Beatriz Passos | RDNews 

Um jovem de 23 anos, identificado como Luan Soares dos Santos, morreu em confronto com policiais militares na tarde de segunda-feira (10), em Várzea Grande. De acordo com o boletim de ocorrência, ele teria reagido a uma abordagem policial e atirado contra os policiais.

Consta no B.O. que outras quatro pessoas, sendo dois homens de 18 e 38 anos e uma mulher de 39 anos, junto com uma adolescente de 13, também se envolveram no caso e que todos estavam em atitude suspeita de tráfico de drogas.

Primeiramente, a PM teria abordado o suspeito de 38 anos, que foi flagrado recebendo uma porção de tráfico de drogas. O homem que passava o produto conseguiu fugir, enquanto o suspeito foi abordado ao lado de uma menina de 13 anos. Com eles, os policiais teria encontrado mais drogas.

Somente a menina respondeu aos policiais e disse que os entorpecentes pertenciam ao seu marido. Assim como informou que o mesmo guardava os produtos próximo do cemitério do bairro Princesinha do Sol.

A menor ainda apontou que o criminoso vendia a droga para a suspeita de 39 anos e que seria responsável por distribuir os entorpecentes no bairro. A Polícia foi até a casa da suspeita e encontrou diversas substâncias e aparelhos usados para o crime.

Questionada, ela apontou que o marido também fornecia drogas para um boca de fumo, também no Princesinha do Sol, que seria comandada por Luan e um rapaz de 18 anos. Os dois foram surpreendidos pela PM no local e logo correram para dentro da casa. Luan, no entanto, pulou o muro e entrou na casa de uma vizinha. A mulher pediu ajuda e os policiais entraram na residência.

Consta no boletim de ocorrência que Luan teria começado a atirar contra os policiais que responderam aos disparos. Ele foi alvejado e morreu no local. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas o jovem já havia morrido antes da chegada do socorro.

Os policiais também relataram que foi preciso usar balas de borracha para conter a retaliação da população. De acordo com eles, a viatura da Polícia foi atingida por pedras.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo